Manual de Manobras BMX e Freeride

Aqui vai um manual bem interessante para aprender manobras de bike. Junto com ele a explicação do que é a manobra e como se faz,sabemos também que a varias maneiras de fazer a mesma manobra, mas vai algumas  umas dica.

Saltar uma Mesa

[singlepic id=152 w=580 h=400 float=]

Saltar um Duplo

[singlepic id=163 w=580 h=400 float=]

A única diferença entre Mesa e Duplo é que a Mesa não tem “buraco” entre a rampa de lançamento e a aterragem, ao contrario do Duplo. A técnica para passar estes dois saltos é exatamente à mesma:

  1. Tenho de ir em posição de equilíbrio (pés ao mesmo nível), Velocidade adequada ao comprimento e altura do salto e tenho de ir concentrado no que vou fazer.
  2. Na rampa de lançamento tenho de deixar a bike fluir pela rampa para poder ganhar alguma altura.
  3. No ar tenho manter o equilíbrio compensando com peso do meu corpo.
  4. Quando começo a descer meto a bike mais ou menos paralela a aterragem, de modo a não haver impacto.

Saltar um Transfer / Hip

[singlepic id=170 w=580 h=400 float=]

O transfer / hip é um salto em que a aterragem não esta na mesma direção do salto, pode estar a 45º, a 90º,… é basicamente um Duplo ou Mesa com aterragem deslocada para um dos lados, a técnica para passar um transfer é praticamente à mesma:

  1. Tenho de ir em posição de equilíbrio (pés ao mesmo nível), Velocidade adequada ao comprimento e altura do salto e tenho de ir concentrado no que vou fazer.
  2. Na rampa de lançamento ou deixo a bike fluir para a “virar no ar”(na direção da aterragem) ou saio um pouco obliquamente na rampa de chamado de modo à bike saia já a “virar no ar”.
  3. No ar tenho manter o equilíbrio compensando com peso do meu corpo.
  4. Quando começo a descer meto a bike mais ou menos paralela a aterragem, de modo a não haver impacto.

Saltar um Drop

[singlepic id=171 w=580 h=400 float=]

Saltar um Gap

[singlepic id=172 w=580 h=400 float=]

Os Drop’s e Gap’s são idênticos por que ambos são saltos na vertical sem rampa de lançamento, a única diferença é que o Drop tem a aterragem junto ao “buraco” e o Gap tem aterragem afastada do “buraco”, existem Gap’s de diferentes tipos dependendo do tipo de obstáculo que esta entre a zona de lançamento e a aterragem: Rio/Riacho – River Gap; Estrada/Caminho – Road Gap; Escadas – Stair Gap;

Saltar um River Gap

[singlepic id=173 w=580 h=400 float=]

Saltar um Road Gap

[singlepic id=174 w=580 h=400 float=]

Saltar um Stair Gap

[singlepic id=175 w=580 h=400 float=]

A técnica para saltar um Drop é:

  1. Vou para o Drop em posição de equilíbrio, devagar e concentrado.
  2. Quando a roda da frente chega perto do “buraco” puxo o guidão e a roda da frente de modo que a bike se mantenha ligeiramente levantada até a roda de traz passar o “buraco”.
  3. No ar equilíbrio a bike compensando com o peso do corpo.
  4. No final a aterragem depende se o drop é para “Flat” ou se tem uma aterragem: Com aterragem apenas tenho de meter a bike mais ou menos paralela a aterragem e ir com pernas e braços ligeiramente curvados para amortecer o impacto; Para “Flat” implica uma maior técnica de amortecimento, em que tenho de cair primeiro com a roda de traz e amortecer o impacto quase todo com as pernas.

Para saltar um Gap:

  1. Vou para Gap em posição de equilíbrio com muito mais velocidade que no Drop.
  2. Quando a roda da frente chegar à zona de lançamento dependendo da velocidade: Ou deixo a bike apenas Fluir; Ou puxo a bike fazendo um “Bunny Hop” (+B+).
  3. É essencial manter a bike direita para conseguir chegar mais longe.
  4. Quando se aproxima a aterragem tenho de aterrar de modo a amortecer o impacto, diminuindo a velocidade com a bike paralela a aterragem.

(+B+) Bunny Hop (Puxar a bike sem auxilio de qualquer rampa):

  1. Vou no chão a direito em posição de equilibro com pouca velocidade.
  2. Ao chegar ao obstáculo (passeio, banco, tronco,…) puxo o guiador e roda da frente até atingir a altura do obstáculo.
  3. Com os pés ligeiramente inclinados puxo os pedais para cima e conseqüentemente a roda de traz também levanta.
  4. Mantenho a bike direita no ar, fechando as pernas.
  5. A aterragem deve ser feita na roda de traz e/ou em “Manual” (+M+)

(+M+) Manual (Ir com roda da frente levantada sem pedalar)

Fazer um Manual (Num shore)

[singlepic id=176 w=580 h=400 float=]

Como fazer um manual:

  1. Puxar a roda frente até atingir o ponto de equilíbrio
  2. Manter o ponto de equilíbrio: Se for a cair para traz dou um toque de travão (traz) para que a roda da frente desça para manter o ponto de equilíbrio; Se for a cair para frente dou impulso com os pés nos pedais de forma a levantar a roda da frente para manter o ponto de equilíbrio.
  3. Vai em manual até onde quiser xD

Fazer um WallRide

[singlepic id=153 w=580 h=400 float=]

WallRide é basicamente andar com bike em paredes verticais ou quase verticais.

Isto exige já alguma técnica:

  1. Vou em direção a parede com alguma velocidade.
  2. Com ou sem rampa de lançamento puxo um Bunny Hop e empurro ligeiramente a bike contra a parede.
  3. Durante a execução tento manter a bike o mais paralela ao chão e perpendicular à parede.
  4. Ao começar a chegar ao chão vou diminuindo gradualmente a inclinação da bike.

Depois de dominar estes saltos passamos as manobras, para efetuar uma manobra corretamente é sempre necessário ir concentrado, com velocidade adequada e em posição de equilíbrio e também no final aterrar sempre de modo a não haver impacto.

Fazer “One Hand”

[singlepic id=154 w=580 h=400 float=]

  1. Para fazer “One Hand” deves tirar a mão quando a bike já está equilibrada no ar, aconselho a tirar a mão esquerda para que a mão direita fique sempre na manete no travão de traz.
  2. Coloca a mão antes de aterrar exceto se quiseres fazer um “One Hand Lander”.

Fazer “No Hands”

[singlepic id=155 w=580 h=400 float=]

  1. Para fazer iniciar o “No hands” aconselho a primeiro agarrar o banco no meio dos joelhos,
  2. Depois de ter à-vontade a tirar as duas mãos uma de cada vez, começa tirar as duas ao mesmo tempo
  3. Mas atenção não tente logo um suicide* tenta primeiro ir com as mãos ao capacete ou aos joelhos.
  4. Se aterrares sem mãos e sem cair fazes um ” No Hands Lander”.

Fazer “No Hands Suicide”

[singlepic id=156 w=580 h=400 float=]

Depois de teres à-vontade a tirar as duas mãos tenta o suicide:

  1. primeiro tiras as mãos
  2. depois á medida que levas as mão atrás das costa inclina o tronco para traz.

Cuidado: Quando tirar a mão e quando voltar à mão no guidão.


Fazer “One Foot”

[singlepic id=157 w=580 h=400 float=]

  1. Para fazer “One Foot” deves tirar o pé quando a bike já está equilibrada no ar, aconselho a tirar o pé do pedal que está a frente para que o outro pé apenas rode o eixo pedaleiro para traz sem influenciar a trajetória da bike.
  2. Coloca o pé antes de aterrar exceto se quizer fazer um “One Foot Lander”.

Fazer “No Foot”

[singlepic id=158 w=580 h=400 float=]

  1. No “No foot” tiras os dois pés ao mesmo tempo quando a bike está ainda a subir
  2. Depois abres mais ou menos as pernas esticadas conforme o tempo que tens no ar.

Fazer “No Footed Can Can”

[singlepic id=159 w=580 h=400 float=]

Esta manobra é um pouco mais complicada:

  1. É preciso estar muito à-vontade com os “No Foot’s” abusados.
  2. Primeiro um pé passa por cima do tubo superior do quadro,
  3. Depois o pé contrario sai também do pedal
  4. Por fim esticam se as duas pernas paralelamente uma á outra.

Fazer “WhellCliker”

[singlepic id=160 w=580 h=400 float=]

  1. No “WhellClicker” também é preciso esta muito à-vontade com “No Foot’s” abusados,
  2. Primeiro tiram se os pés dos pedais como um “No Foot” normal,
  3. Depois em vez de os pés subirem para o lado, sobem para cima até ficarem mais altos que o guiador.
  4. De seguida tens de chegar o rabo para a frente para conseguir bater os pés por cima dos braços.

Fazer “Superman”

[singlepic id=161 w=580 h=400 float=]

O “Superman” é uma manobra mítica:

  1. Começa quando a bike esta a subir no ar, saltas nos pedais para cima.
  2. Quando tiveres com o tronco paralelo ao chão, dás os esticão com as pernas e manténs as pernas o mais juntas possível.
  3. Estica tudo o que puderes e depois volta posição inicial.

Fazer “Tri-Star”

[singlepic id=162 w=580 h=400 float=]

O “Tri-Star” é fazer um “No Footed One Hand”:

  1. Primeiro faz-se o “No Foot”
  2. Só depois de se faz “One Hand”
  3. Por fim mantêm se no ar algum tempo e volta a posição inicial para aterrar.

Fazer “Nothing”

[singlepic id=164 w=580 h=400 float=]

No “Nothing” é preciso largar a bike por completo:

  1. Primeiro faz se o “No Foot”
  2. Só depois se faz o “No Hands”

Atenção: fazer enquanto a bike se encontra a subir no ar!!!

Fazer “X-UP”

[singlepic id=165 w=580 h=400 float=]

Um “X-UP” é quando o guidão passa dos 180º existe também o “X-UP 270″

  1. Antes de iniciar a rotação do guiador, no ar, chegar s joelho um pouco mais traz esticando um pouco as pernas.
  2. Depois rodar o guiador até fazer 180º ou até sentir os braços a tocar um no outro cruzados.

Fazer “Table Top”

“Table Top” a minha manobra preferida!!! (colocar a bike paralela ao chão)

  1. Sair do salto direito
  2. Ganhar altura
  3. Começar a virar o guiador empurrando a testa do quadro e puxando a roda de traz com os pés nos pedais.
  4. Manter os joelhos junto ao quadro e mais ou menos juntos.

Fazer ”Whip”

[singlepic id=167 w=580 h=400 float=]

No “Whip” apenas torcemos a bike para um dos lados.

  1. Primeiro viramos a roda da frente para o lado contrario que queremos virar a trazeira.
  2. Puxamos a frente para esse lado e empurramos a trazeira para o outro.
  3. Depois de atingir o ponto…
  4. Viramos novamente a roda da frente para o outro lado e endireitamos a bike.

Fazer “Kiss of Death”

[singlepic id=168 w=580 h=400 float=]

Dar um “beijinho na roda” xD

  1. Ao sair do salto puxar a frente e ao mesmo tempo se inclinar para a frente até ficar com o guidão na zona da barriga
  2. Inclinas a cabeça para frente para junto da roda

Fazer “Kiss of Death One Foot”

[singlepic id=169 w=580 h=400 float=]

É igual ao “Kiss of Death”, mas ao mesmo tempo que inclina o tronco para frente tira um pé do pedal para traz.

Boa Sorte e Muitos Treinos!

25 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>