Nova Honda CRF 250L

Honda CRF 250L promete chegar para preencher lacuna deixada pela Tornado

CORPO OFF-ROAD
Mas as qualidades da nova Honda CRF 250L para enfrentar o fora-de-estrada não são apenas estéticas e vão além do visual. O quadro é um berço duplo com tubos ovais feito em aço que faz da nova 250cc uma moto bastante esguia e, ao mesmo tempo, oferece rigidez.

O conjunto de suspensões traz garfo telescópico invertido na dianteira e um monoamortecedor fixado por links na balança traseira, esta feita em alumínio. Mesmo sem revelar o curso do conjunto, já podemos prever que terão bom desempenho na terra. Pois, depois de algumas voltas no circuito de Twim Ring Motegi, elas mostraram-se bastante macias e aptas a absorver imperfeições, como era de se esperar. A versão que pude testar, entretanto, estava calçada com pneus praticamente off-road, o que prejudicou a avaliação das suspensões, principalmente porque rodei somente no asfalto.

TORQUE DE SOBRA
Porém, como o teste foi feito em pista de asfalto, uma vez que a CRF 250L foi criada com o propósito de ser uma moto on/off-road, ou seja, de uso misto, o que mais me chamou a atenção foi o grande torque disponível desde as baixas rotações. Mesmo tento duplo comando de válvulas, o novo motor de 250 cc demonstrou bastante vigor mesmo em baixas rotações — a Honda não divulgou o torque da CRF, mas na CBR esse motor oferece 2,42 kgfm a 7.000 rpm.

Acredito que, com uma diferente relação no câmbio de seis marchas e um novo mapeamento do motor, o modelo de uso misto pode chegar a 2,5 kgf.m em torno das 6.000 rpm. Mas o que me surpreendeu é que, mesmo com o câmbio de seis velocidades, na nova CRF 250L não era preciso reduzir a marcha, como acontecia na aposentada XR 250 Tornado — que também tinha motor DOHC de 250cc, mas alimentado por um carburador.

Outro ponto positivo que notei foi o baixo nível de vibração. Claro que com as pedaleiras sem borracha, os pés tremiam um pouco, mas menos do que esperava. Destaque ainda para o pequeno, porém moderno painel digital. Não traz conta-giros, mas tem relógio, nível de combustível e hodômetros.

O Salão de Tóquio trouxe uma boa novidade para o mercado de duas rodas brasileiro, trata-se da Honda CRF 250L que chegará com a missão de preencher a lacuna deixada pela Tornado, que saiu de linha para a chegada da XRE 300 em 2009. A nova motocicleta promete qualidade tanto na terra quanto no asfalto e usará o motor da CBR 250, um monocilíndrico de 249,6 cm³ e refrigeração líquida que desenvolve 26 cavalos de potência máxima, porém esse propulsor passará por algumas mudanças para se readequar a CRF. O engenheiro da marca japonesa, Hikaru Tsukamoto, confirmou a vinda dela para o Brasil, porém ainda sem data certa, mas tudo leva a crer que ela chegará aqui no nosso mercado ainda no primeiro trismestre de 2012.

 

A nova trail da marca nipônica utiliza chassi duplo berço e dupla viga, é propulsada por um monocilíndrico DOHC com 4 válvulas e alimentação por injeção eletrônica e monta bengalas invertidas sem regulagens e monoamortecedor fixado em balança de alumínio. Os freios são a disco em ambas as rodas e a postura de pilotagem  é adequada para a proposta off-road, abrindo mão do conforto e ressaltando a esportividade.

Um painel digital é responsável por passar todas as informações ao piloto, que por sua vez, pode até oferecer carona a alguém, já que a motocicleta oferece pedaleiras para garupa fixadas no sub-chassi.

 

126 comments

  1. seu madruga

    po meu essa honda ta de brincadeira ,nós queremos a moto para brinca logo,idai.
    pensso eu que os malandrinho do zoinho puchado la do outro lado do mundo ,tão de sacanagem com agente.expoem,mostrao a moto e deixao nois brasuca ,sem poder comprar ,porque porque,só pra hora que éla chega ,vir custando uns 17.000$R a 20.000 mil reais. mais é isso ai ,enquanto isso vamo brincando de tornado mesmo ;abras,boa semana a todos

  2. Guimaraes

    Em minha opinião há uma lacuna entre categorias (250-300-660). Antes: 250, 350, 400, 600. A Honda, com vendas na casa de 1,5 milhão no ano passado, parece não se preocupar com o consumidor: o que puser para vender é consumido. A Yamaha parece ter feito acordo de ser um mero coadjuvante da Honda, não tendo produto competitivo na categoria trail média cilindrada. Se chegar a CRF250L estarei na fila de aquisição… mas o que desejaria seria uma monocilíndrica de 400~450cm³.

  3. André Luís Nunes

    Galera, igual a muitos, tambem tenho uma tornado, pra mim muito melhor de estrada e trilha que a própria CRF 230, mais confortável e confiável. A minha é uma 2005, e viajo todo o Mato Grosso com ela em estradas que só uma moto de categoria consegue passar. Oficina?? Tudo original, manutenção barata e confiável. Isso quando precisa, pois é uma moto muito resistente.
    Agora, considerando tudo isso e vendo a nova CRF250L, só posso acreditar, a HONDA acertou em cheio. Substituta à altura da tornado, largando as lander e 230 de vez pra trás. Ja tem um lugar reservado na minha garagem. Valeu moçada trilheira

  4. fabio romay

    Já tive uma tornado e gostava muito dela por ser umamoto de trilha e ao mesmo tempo de asfalto.fiquei triste quando lancaram a xre 300,pois vi que ela não dava conta do recado.mas parabenizo a honda por ter lancado CRF 250 essa moto e Shou.quando chegar nas consercionarias vou compra a minha.

  5. lucenildo alvino

    a honda è isso mesmo nao copia ninguem ela è assim aldaciosa e capas de criar as melhores motos do mundo.foi pensando nisso que ela criou essa moto para nos brasieiros.a honda è isso ai aldaciosa e inovadora para nos proporcionar a melhor escolha.
    HONDA QUEM TEM HONDA TEM TUDO.

  6. Flávio c martins

    espero que seja posta no mercado em breve para quem gosta da tornado, ela sem duvida sera um prato cheio pra galera que gosto de viver adrenalinas em uma trilha. Só espero que o preço seja bem acessível e não comparem com a CRF250 especial se for assim garanto muita gente vai ficar triste. Agora é só esperar e torcer ela entrar no mercado o mas rápido possível, é isso ai galera vamos aguardar:

  7. nene tokaiu

    Essa moto aí parece a antiga TENERÉ
    !!hehehe

    deve ser pesada pra caráio, e reparem a ciclistica dela nada a ver para o mundo offroad

    pode ser uma ótima moto estradeira mas pro mato e pras pistas nada a ve.Muito larga e desconfortável.

    Além do + vai custar + de 20 mil quem tem sabe que moto pra trilha e cross é as importadas, nao existe melhor.

    conselho de quem pratica esse esporte há anos hein.

    abraco

  8. pino sergio

    Tem cada comentário de tongo!!!

    Entendam uma coisa, moto de verdade é YZ250F e YZ450F o resto é resto mocada.

    Acelerem uma e depois voces me fala se eu nao tenho razao.

    abraco a todos

  9. NUM

    Bom seria se o governo deixasse de ser tão esganado com os impostos, daí a gente podia comprar uma CRF 250X por $7410 dólares ou seja míseros 13.000,00 reais. Isso sim seria bom. Mas podem ficar sonhando, porque brasileiro é o povo mais rico do mundo e pode pagar 30 mil numa dessa aqui.

  10. giovani

    Tenho uma tornado 2005, pela qual sou apaixonado. Minha companhia para o trabalho, passeios e trilha. Fiquei decepcionado com o lançamento da XRE 300, O MOTINHO FEIA…, mas agora estou mais tranquilo em aposentar minha companheira, ainda estou com um pé meio atráz, mas acho que é uma bela moto. Com certeza vou entrar na fila por uma.

  11. valmir

    na ficha técnica incompleta diz que a CRF 250L tem quadro de aço?! È isso mesmo?

    Nas fotos parece ser de alumínio! Será que já está abrasileirada está moto? Eu não acredito !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ficha Técnica
    Motor: Um cilindro, 4 válvulas, DOHC, com refrigeração líquida
    Capacidade cúbica: 249 cm³
    Potência: não declarada
    Torque: não declarado
    Câmbio: 6 velocidades
    Alimentação: Injeção eletrônica PGM-FI
    Quadro: Berço duplo com tubos ovais em aço
    Suspensão dianteira: Garfo Telescópico invertido
    Suspensão traseira: Balança traseira em alumínio com monoamortecedor Pro-Link
    Comprimento: 2.195 mm
    Largura: 819 mm
    Altura: 1.195 mm
    Freio dianteiro: Disco simples no formato wave com pinça de pistão duplo
    Freio traseiro: Disco simples no formato wave com pinça de pistão único
    Pneu dianteiro: 3.00 – 21
    Pneu traseiro: 120/80 – 18
    Cores: Vermelha
    Preço Sugerido: não declarado
    Fotos: Arthur Caldeira e Divulgação

    Fonte:
    Agência Infomoto

    • BRUNO LEMOS

      BOM DIA A TODOS AMANTES DAS DUAS RODAS.ESTOU CONTANDO OS DIAS PARA QUE A CRF 250L SEJA APRESENTADA E COMERCIALIZADA NO BRASIL,SEU DESIGN E MOTOR 250 VOLTARÁ REINAR HONDA 250 COM A EXTINTA XR TORNADO QUE DE MODO ATÉ HOJE PARA OS AMANTES DO OFF-ROAD,TRILHAS DO FIM DE SEMANA ELA ESTA PRESENTE,SERÁ CAMPEÃ DE VENDAS ,POIS A XRE 300 NÃO CONVENCEU A GALERA DA LAMA NÃO.ESTAMOS AGUARDANDO.

  12. valmir

    Uma coisa é certa, depois que as importadas invadiram as trilhas, os trilheiros ficaram exigentes, é obvio que isso iria acontecer!
    Como diz o ditado, em terra de cego quem tem um olho só é rei! Uma coisa é boa até que conhecemos outra melhor!

    O Brasileiro é incrível mesmo, criativo, não tem cão caça com gato, pois vemos tantas gambiarras nas trilhas, algumas até que ficam “boas”, difícil é arrumar um mecânico bom e que queira se dispor a fazer as adaptações, estão comprando motos de cross mais antigas 250cc dois tempos, YZ CR RM KX e colocando motor 400 cc da falcon (baixadas de leilões), a moto fica com peso ótimo para trilhas, motor bom, forte e baixo custo de manutenção, suspensão ótima, o difícil é encontrar essas motos relativamente conservadas! Geralmente só tá o fiapo! rs rs rs rs rs, Se for somar no final todo gasto com aquisição da moto, motor, adaptação e consertos, não sei se compensa financeiramente! Isso acontece porque não tem motos nacionais que atendam a necessidades e exigências dos trilheiros de hoje.

    Os fabricantes de motos no Brasil precisam acordar!
    Precisam fabricar motos que atenda aos desejos da moçada com preço justo para o poder aquisitivo da maioria dos Brasileiros!

    Acordem fabricantes de motos no Brasil !!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Que venha a CRF 250L igualzinha a importada rs rs rs rs rs

  13. Rudson

    e ai galera blzinha ? já estou me preparando para pegar uma CRF 250 L que deve chegar ao mercado brasileiro até agosto desse ano, começei a pesquisar com vendedores da Honda, o preço dela deve chegar ao brasil por volta de 13 mil aos 15 mil reais quase a mesma base de preço da xre 300 ….a possibilidade de vim em 2 versões a simples e a completa com freio ABS….vamos ficar no aguardo, e torce logo que chegue logo ao mercado brasileiro e que venha e marca presença em termos de melhoria e tire a xre 300 de linha.

  14. Luiz Guerra

    Era a moto que estava faltando. Tenho uma Tornado e não sabia por qual trocá-la. Parabéns a Honda. A XRE 300, a famosa pica-pau ou mosquito da dengue, já nasceu morta. Podem tirá-la de linha. Tomara que venha num preço abaixo da 300.

  15. valmir

    Ai moçada a CRF 250L brasileira vai ser assim!

    Motor exclusivo da XRE 300;
    Painel digital exclusivo de XRE;
    Suspensão dianteira da XRE com uma capa de plástico dourada para imitar a suspensão invertida; rs rs rs rs rs…..
    O quadro vem também com uma capa de plástico na cor alumínio, para parecer um quadro de alumínio, tipo da twister rs rs rs rs rs…….
    O tanque será do tamanho da saudosa tornado com designer da “feroz” crf 230 kkkkk;
    Freio a disco traseiro da XRE 300;
    Suspensão traseira da XRE 300;
    Paralamas da CRF 230;
    Etc…
    Preço? Há , preço de moto com muita tecnologia claro!
    Que País é esse?! Lá lá lá lá lá

    Estou só zuando hein! A descrição acima eu inventei !!!!!!!!!!!!!! Temos que rir para não chorar!

    Se lançar no Brasil a CRF 250L igual a importada, vai custar mais de R$20.000,00 não podemos esquecer que o governo é nosso sócio!

    A Honda ao invés de aperfeiçoar a tornado, tira de linha e lança a XRE 300, onde esses publicitários, marqueteiros, engenheiros, executivos da Honda estavam com a cabeça?! Deu no que deu!

    Num País das trilhas e trilheiros (desde final da década de 70) num País que a moçada é apaixonada por motos, francamente não entendo!

    Bom para o meu xará Polaco preparações ! rs rs rs rs rs rs………
    http://www.polacomotos.com.br

    Deviam lançar uma XRE 500 tipo motard, para substituir a Falcon e como disse aperfeiçoar a Tornado: diminuir peso, freio a disco traseiro, injeção eletrônica , partida elétrica, mas com pedal de partida também! Caramba! Podia ser pelo menos opcional !

    Trilheiro decepcionado
    Fazer o que!

    Valmir de Paula

  16. erik

    otima noticia pois estava procurando uma tornado para comprar,porem achei os preços caro por ser uma moto usada;se vier com bom preço compro uma a vista.aguardo ancioso.

  17. Sandro

    Vai ser o degrau natural para aqueles trilheiros que começaram na ultrapassada mas valente 230 (ou ainda fazem uso das relíquias e saudosas 2T: DT180, 200 EX, etc) e que desejam uma moto mais potente e com ciclística mais atualizada mas não estão dispostos (ou não tem saldo disponível) a desembolsar quase R$ 30.000,00 por uma CRF250X ou WR250.
    Além disso tem o público fiel das antigas XL e Tornado.
    Se a Honda fizesse um levantamento junto aos consumidores certamente lançaria o novo modelo ainda no primeiro semestre de 2012, antes que as importadas de outras marcam menos conhecidas avancem ainda mais no mercado off-road.

  18. Daniel Florencio de Carvalho

    bleza essa maquina vai vender bastante javou me progamarm para comprar uma crf 250 amaquina do momento pos moto e Honda o resto e opcional veleu

  19. liso

    realmente parece ser muito boa mais deveria ser vendida em duas versão: essa que é muito legal e um mesma totalmente off road mais barata, sem retrovisor, sem setas, sem painel em fim ambas centralizada para apenas o piloto.
    quando a XRE foi lançada sempre soube que não iria ser um sucesso.
    “Essa” nova moto sendo vendida; uma com pneus off road sendo a mesma para o uso “off road” e a outra mista como esta sendo lançada, as duas da mesma cor e do mesmo jeito uma mista e uma off. será bem mais interesante.
    Se forem espertos vão vender assim. as pessoas da estrategia de vendas não pesam e se pesam acha que no nosso querido Brasil é do mesmo jeito nos paises deles.
    pense naqueles que so pde compra uma para tudo que se pesar, trabalho, lazer, transporte etc esse compra a 250L. E aquele mais afortunado 250 off off.
    E assim todos usam apenas um tipo de moto e todos ficam felizes

  20. Leonardo

    É uma bela moto,deveria ter sido lançada aqui no Brasil assim que a tornado saiu de linha, penso que esta moto nao deve chegar aqui este ano e quanto ao valor penso que nao menos que uns R$ 18.000,00 dezoito mil reais. Para aqueles que gostam deste estilo vale a pena poupar desde ja, mas sem esquecer que uma XT660 custa em media R$23.000,00 a R$25.000,00

  21. Sergio Ameruso Ottoni

    Graças a Deus a Honda acordou!!! Depois do Mico da XRE300 uma novidade que pode ser lançada no Brasil.Que seja bem vinda a CRF 250L! Já estou na fila

  22. nero

    Pois é…. que Deus ilumine o coração dos dirigentes da honda do Brasil, para que eles não cobrem um preço exorbitante por essa moto. Outra coisa. acho que ja é sem tempo que a crf 230 deve cair fora, afinal é um modelo ultrapassado, tanto em designer como na mecânica.
    abraços

  23. Júnior

    Moto com suspensão invertida, balança de competição, motor moderno de refrigeração líquida??? Isso é uma tremenda mentira ou a honda vai cobrar um absurdo, muito mais que a xre.
    “Corre que silada Bino!!!”

    • Junior xb

      Cara acho que a tornado nunca foi e nem será que melhor que a XRE 300, pois ja possui ambas… acharia um error a XRE sair de linha, pois é uma moto indrecritivel.

  24. renato alves da silva

    e muinto bunita a moto so q o preço desta moto vai ficar muinto alto pq ela ja vem com suspenção envestida de fabrica portanto e melhor uma inportada honda 250 x

    • alexandre almeida

      bom com certeza melhor que a tornado e a xre. sem duvida vou comprar a minha,quem diz que ainda prefere a tornado e porq nao tem condicoes de ter outra ou seja crf250l tenho uma xre e nao vou pensar duas vezes isto e se realmente esta maquina chegar ao brasil.

  25. hudson

    acho q vai ficar bem cara essa moto hein ate porq eles nunca vao querer deixar de vende a xre e nem q a concorrente seja da mesma marca acho tabem q q naum tem espaço para a xre e a crf 250 l juntas no mercado só pq as duas são hondas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>